Estatística na Mão

Sem mistérios e sem complicação

Artigos sobre Estatística


5 (1)

Visualizações: 2137

Visão Geral do PAST (PAleontological STatistical)

Introdução

PAST é um software livre para análise de dados científicos, com funções de manipulação de dados, plotagem, estatística univariada e multivariada, análise ecológica, séries temporais e análise espacial, morfometria e estratigrafia(Hammer et al. 2001).
Baixe o arquivo 'Past3.exe' (descompactado) ou ‘Past3.zip’ (compactado) e salve em qualquer diretório no disco rígido do computador. Clicando duas vezes (ou uma1) no arquivo vai abrir o programa. O Windows irá considerar isso uma quebra de segurança e perguntar se você confia no provedor do programa. Se você quiser usar o programa, terá que responder que sim. Nós sugerimos que você crie uma pasta chamada PAST em qualquer lugar do seu disco rígido e coloque nela todos os arquivos. (Hammer, 2016).

Janela inicial do programa PAST v3.14

Figura 1. Janela inicial do programa PAST v3.14.

Vantagens e Desvantagens

As vantagens de usar o PAST são incomensuráveis, mas como tudo há algumas limitações.

Vantagens

  • Gratuito, sem sombra de dúvidas a amior das vantagens
  • Arquivo executável único sem a necessidade de instalar.
  • Software pequeno em tamanho e leve na execução
  • Diversas análises, fujuindo das análises convencionais
  • Análise de diversidade de espécies inclusa
  • Geração de gráficos complexos, como gráficos 3D e gráficos de análises cladistas (Figura 2)
  • Precisão das análises
  • Possibilidade de nominar linhas e colunas, facilitando o entendimento das análises.
  • Possibilidade de colar os dados direto do Excel ou outra planilha eletrônica
  • Lê arquivos com extensão csv, se separados por vírgula ou tab.
  • Marcação de pontos, linhas e polígonos no Google Maps, permitindo copiar (Figura 3)

Desvantagens

  • Falta de opções de configurações de fontes e outros aspectos do programa
  • Exibição das janelas, as vezes é dificultoso. São escondidas e não é possível acessar sem reiniciar o software.
  • Documentação podia ser melhoradas
  • Interface apenas em Inglês
  • Transformação de dados em cima dos dados originais
  • Não possui arquivo prorpietário, ou seja, com extesão exclusiva
  • Problemas de exibição de fontes, relatados por usuários
  • Não permite a incorporação ou associação de pacotes ou plugins
Gráfico de superfície em 3D do PAST

Figura 2. Gráfico de superfície em 3D do PAST.

Marcação de polígono no Google Maps

Figura 3. Marcação de polígono no Google Maps.

Conclusão

O PAST é um softeware completo e permite realizar análises estatísticas de forma profissional. As análise são precisas e não deixa nada a desejar aos software comerciais. Observo apenas que não supera o R, por não ser OpenSource e não permitir a incorporação de pacotes (Packages).


Referências

Hammer, Ø., 2016. PAleontological STatistics: Reference manual, Version 3.14, 252p. Disponível em: http://folk.uio.no/ohammer/past/past3manual.pdf

Hammer, Ø., Harper, D.A.T. & Ryan, P.D., 2001. PAST: Paleontological statistics software package for education and data analysis. Palaeontologia Electronica 4(1): 9p. Disponível em: http://palaeo-electronica.org/2001_1/past/issue1_01.htm

Como citar este artigo:
Rodrigues, William Costa, 2016. Visão Geral do PAST (PAleontological STatistical). Estatística na Mão. Disponível em: http://estatisticanamao.agroamb.com.br/estatisticanamao/artigos.aspx?Id=10?ID=10. [Acesso em: 21.07.2018].



Topo